Marcelo Coelho

Apresentação

Engenheiro ambiental (UFPR), mestre em engenharia de recursos hídricos e ambiental (PPGERHA/UFPR), doutorando (PPGERHA/UFPR) com pesquisa na área de monitoramento de recursos hídricos, análise de séries históricas e gestão de recursos hídricos em bacias urbanas, e atualmente, também professor substituto nas disciplinas: dispersão ambiental de poluentes e saneamento ambiental II, do curso de engenharia ambiental (UFPR). Experiências em monitoramento da qualidade da água (laboratório, campo e análise de dados).

Saneamento Ambiental II

Cronograma

Atualizado em 02/05/2016. Sujeito a alterações
Aula nºData Conteúdo 
102.03QuaApresentação da disciplina
204.03SexClassificação de resíduos sólidos
309.03QuaCaracterísticas físicas, químicas e biológicas
411.03SexTrabalho 01
*14.03Segsem aula
516.03QuaResíduos sólidos urbanos
618.03SexTrabalho 02
721.03SegCaracterização de resíduos sólidos
823.03QuaCaracterização de resíduos sólidos
928.03SegAterros: descrição do método, considerações ambientais
1030.03QuaAterros: geração, composição e gerenciamento de gases
1101.04SexTrabalho 03
1204.04SegAterros: cobertura intermediária e final
1306.04QuaAterros: características estruturais e de assentamento
1408.04SexTrabalho 04
1511.04SegAterros: operação
1613.04QuaAterros: monitoramento ambiental
1715.04SexTrabalho 05
1818.04SegProva
1920.04QuaCompostagem: princípios e tecnologia
2022.04Sexponto facultativo/sem aula
2125.04SegFísica da compostagem
2227.04QuaBiologia da compostagem
2329.04SexTrabalho 06
2402.05SegCompostagem: ciência e engenharia
2504.05QuaCompostagem: ciência e engenharia
2606.05SexCompostagem: considerações ambientais, econômicas e públicas
2709.05SegIncineração: geração de energia
2811.05QuaIncineração: tratamento e disposição de produtos finais
*13.05Sexsem aula
*16.05SegLivre para estudos
*18.05QuaLivre para estudos
*20.05SexLivre para estudos
*23.05Segsem aula
2925.05QuaProva
3027.05SexReciclagem: tecnologias
3130.05SegReciclagem: considerações ambientais, econômicas e públicas
3201.06QuaGestão de resíduos sólidos
3303.06SexTrabalho 07
*06.06Segsem aula
3408.06QuaPolítica Nacional de Resíduos Sólidos
3510.06SexDesafios da política nacional de resíduos sólidos
3613.06SegGestão de resíduos sólidos industriais
3715.06QuaInventário de resíduos sólidos
3817.06SexTrabalho 08
3920.06SegOutros planos nacionais de resíduos sólidos
4022.06QuaO futuro em resíduos sólidos no brasil
4124.06SexProva
4227.06SegSeminários
4329.06QuaSeminários
4401.07SexSem aula/visita técnica realizada em 26/05
4511.07SegExame final

 

Referências bibliográficas

  1. BAGCHI, A. Design of Landfills and Integrated Solid Waste Management. 3 ed. New Jersey: John Wiley & Sons, 2004.
  2. BRAGA, B. et al.. Introdução à Engenharia Ambiental. 2 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2005.
  3. Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental. Mecanismo de Desenvolvimento Limpo aplicado a resíduos sólidos- MDL. Brasília, DF: MMA/MCidades, 2007.
  4. CASSINI, S. T. Digestão de resíduos sólidos orgânicos e aproveitamento do biogás. Rio de Janeiro; São Paulo: ABES: Rima, 2003.
  5. FREEMAN, H. M. Standard Handbook of Hazardous Waste Treatment and Disposal. 2 ed. New York: McGraw-Hill, 1998.
  6. PARANÁ. Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Proteção ao Meio Ambiente. Unidades de triagem e compostagem de resíduos sólidos urbanos: apostila para a gestão municipal de resíduos sólidos urbanos. 2. ed. Curitiba: CAOPMA, 2013.
  7. PARANÁ. Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Centro de triagem e compostagem de resíduos sólidos urbanos: caderno de especificações técnicas e desenho técnico. 2. ed. Curitiba: CAOPMA, 2013.
  8. POLETO, C. Resíduos sólidos. Uberaba: UFTM, 2013.
  9. TCHOBANOGLOUS, G.; KREITH, F. Handbook of Solid Waste Management. 2 ed. New York: McGraw-Hill, 2002.

Links interessantes

  1. BIOGÁS. Disponível em: http://www.mma.gov.br/cidades-sustentaveis/residuos-solidos/politica-nacional-de-residuos-solidos/aproveitamento-energetico-do-biogas-de-aterro-sanitario. Acesso: 22/02/2016.
  2. CEMPRE (Compromisso Empresarial para Reciclagem). Disponível em: http://www.cempre.org.br/. Acesso: 22/02/2016.
  3. CORNELL WASTE MANAGEMENT INSTITUTE. Disponível em: http://cwmi.css.cornell.edu/. Acesso: 22/02/2016.
  4. MODELO PARA CÁLCULO DE EMISSÃO DE METANO. Disponível em: https://cdm.unfccc.int/methodologies/PAmethodologies/tools/am-tool-04-v1.pdf. Acesso: 22/02/2016.
  5. OBSERVATÓRIO DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS. Disponível em: https://observatoriopnrs.org/. Acesso: 22/02/2016.
  6. REVISTA EM DISCUSSÃO: Resíduos Sólidos. Ano 5, nº 22, 2014. Disponível em: http://www12.senado.gov.br/emdiscussao/edicoes/residuos-solidos/@@images/arquivo_pdf/. Acesso: 22/02/2016.
  7. SINIR (Sistema Nacional de Informações Sobre a Gestão de Resíduos Sólidos). Disponível em: http://sinir.gov.br/. Acesso: 22/02/2016.
  8. Sustentabilidade sueca (Estocolmo) – https://www.youtube.com/watch?v=ACToOKQfvRw
  9. VÍDEO: How this town produces no trash. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=eym10GGidQU. Acesso: 22/02/2016.
  10. WEB-RESOL. Disponível em: http://www.web-resol.org/index/index.php. Acesso: 22/02/2016.
©2018 - Engenharia Ambiental UFPR
Desenvolvido em Software Livre e hospedado pelo Centro de Computação Eletrônica da UFPR